quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Azul estreia voo exclusivo entre Recife e Orlando

Decolou nesta quarta-feira (7) do Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, o primeiro e exclusivo voo da Azul Linhas Aéreas Brasileiras com destino a Orlando partindo do Nordeste. Para esta ocasião, os clientes foram recebidos com diversas ações especiais, em parceria da companhia com o Universal Orlando Resort, a Visit Orlando e o Governo do Estado de Pernambuco. A operação da Azul para os Estados Unidos será cumprida às quartas-feiras e aos domingos com o Airbus A330, o maior da frota da Azul, de até 272 assentos, uma das melhores aeronaves do mercado e referência em termos de conforto e tecnologia no mercado nacional.
“A decolagem do primeiro voo da Azul para Orlando partindo do Recife é resultado de uma parceria sólida com o Governo do Estado de Pernambuco. A força da companhia, aliada às condições muito favoráveis do aeroporto da capital pernambucana, tornam possível essa operação, pensada exatamente por Orlando ser um destino muito procurado pelos brasileiros. Estamos muito contentes com a inauguração de hoje, o Nordeste merece essa conquista, e esperamos ter muito sucesso nesta rota”, destaca Antonoaldo Neves, presidente da Azul.
A Azul recepcionou os clientes do voo inaugural antes do embarque com comidas presentes em parques temáticos, como pipoca e cachorro quente, de modo a dar parte do tom que os viajantes encontrarão nos parques temáticos. O Governo do Estado, por sua vez, levou toda a cultura pernambucana para o terminal, e ofereceu bolo de rolo, uma iguaria tipicamente pernambucana, para todos os viajantes.
“Este voo com a Azul é um marco para nosso Estado. Estamos iniciando mais uma rota internacional, que vai nos trazer milhares de turistas durante o ano. Estamos trabalhando para recebê-los da melhor forma possível. Queremos cada vez mais encantar nossos visitantes para que eles saiam daqui com a vontade de voltar em breve com amigos e familiares”, afirmou Felipe Carreras, secretário de Turismo de Pernambuco.
O Universal Orlando Resort ficou a cargo de tornar a viagem uma recordação especial antes mesmo do embarque. A empresa instalou um painel com personagens da Universal para que os clientes pudessem ser fotografados. As imagens foram impressas e entregues aos Clientes.
A bordo, a VisitOrlando disponibilizou sacolas personalizadas e exclusivas em todos os assentos da aeronave. O material tem um guia turístico de Orlando e tickets de descontos de parceiros.
Em Orlando, a equipe do aeroporto recepcionará os clientes com um bolo especial para celebrar o primeiro voo partindo do Recife.
A opção por Orlando ocorre por ser uma das cidades norte-americanas de mais rápida expansão econômica, pela excelência de seu aeroporto, ótimo para ligações a outras cidades dos Estados Unidos, e por eliminar a necessidade de conexão em Miami.
As conexões para Orlando por meio do aeroporto do Recife estarão disponíveis para os viajantes que decolam de Salvador, Fortaleza, Natal, Aracaju, Maceió, São Luís, João Pessoa, Teresina, Belém, Petrolina e São Paulo (Campinas e Guarulhos). Os clientes que partem destas cidades chegarão aos Estados Unidos com apenas uma parada na capital pernambucana, em horários convenientes que garantirão as melhores ligações entre o Nordeste e os Estados Unidos.
fonte:brasilturis

Airbus precisa entregar quase 100 aviões em dezembro


Airbus precisa entregar quase 100 aviões em dezembro para cumprir sua meta para o ano, que é de mais de 670 unidades.
Hoje, a fabricante europeia informou que entregou 61 aeronaves em novembro, resultado que traz o acumulado do ano para 577.
Isso significa que a Airbus, que tem sede na cidade francesa de Toulouse, precisará entregar um número recorde de aviões neste mês.
Nos últimos meses, as entregas da Airbus foram prejudicadas por atrasos no fornecimento de componentes, como de motores para o A320 e de assentos para o A350.
A Airbus, por exemplo, planeja entregar pelo menos 50 unidades do A350 este ano e, até novembro, as entregas somavam apenas 34.
A empresa, a segunda maior do mundo no setor após a americana Boeing, também informou que recebeu encomendas para mais 15 aviões no mês passado.
A Airbus contabilizou 600 encomendas brutas até novembro, ou 410 encomendas líquidas, considerando-se cancelamentos.
Fonte: Dow Jones Newswires.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

CJ320neo família continua a ganhar encomendas



Airbus Corporate Jets ganhou outro compromisso para uma ACJ320neo, com destaque para o contínuo sucesso da sua nova família de aeronaves.O último acordo contribui para as sete encomendas já conquistados pela família ACJ320neo, tendo total de pedidos e compromissos a oito, compreendendo seis ACJ320neo e dois ACJ319 aeronaves neo.Capitalizando em motores de nova geração e Sharklets nas pontas das asas, além de outras melhorias, a família ACJ320neo proporciona uma economia de combustível de 16 por cento e aumento de intervalo correspondente."A Família ACJ320neo melhora ainda mais um design comprovado e bem sucedido, permitindo que os clientes para tirar mais de seus estilos de vida para ainda mais do mundo", aponta Airbus COO da Clientes John Leahy.O ACJ319neo pode voar oito passageiros por mais de 15 horas, ou 6.750 nm / 12.500 km, enquanto o ACJ320neo pode transportar 25 passageiros por mais de 13 horas, ou 6.000 nm / 11.100 km.Airbus jatos corporativos têm as cabines mais largas e mais altas de qualquer jato executivo, ao ser semelhante em tamanho externamente, dando aos passageiros uma melhor experiência de viagem. Eles fazem isso, permitindo que os viajantes para mover-se livremente ao redor da cabine durante o voo - ao contrário de jatos executivos tradicionais - e são, portanto, melhor para o negócio e para a socialização com a família e amigos.Eles também têm as tecnologias que os clientes têm vindo a esperar em jatos executivos de hoje, como controles fly-by-wire, tempo e manutenção centralizada de redução de custos, e uso extensivo de materiais de economia de peso, como fibra de carbono.Estas e outras características significa que jatos corporativos da Airbus entregar mais valor aos clientes de jatos executivos, dando-lhes mais pelo seu dinheiro, bem como uma melhor maneira de voar.jatos corporativos da Airbus são derivados de família de aeronaves do mundo mais moderno, projetado para voar milhares de horas por ano, nas condições exigentes de serviço de linha aérea, de modo que eles trazem uma herança de confiabilidade que é a inveja de outros jatos executivos.Mais de 180 jatos corporativos da Airbus estão em serviço em todo o mundo, e eles estão voando em todos os continentes, incluindo a Antártica.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

LATAM Airlines anuncia o seu mais longo voo direto entre Santiago e Melbourne


O Grupo LATAM Airlines (‘LATAM’) anuncia hoje que irá operar um novo voo direto entre Santiago e Melbourne, na Austrália, a partir de 5 de outubro de 2017. O trecho Santiago-Melbourne, com mais de 11 mil quilômetros de distância, terá duração de 15 horas e será o voo mais longo da história da LATAM. 
 
A LATAM irá operar três vezes por semana entre Santiago e Melbourne, tornando-se a primeira companhia aérea a oferecer voos diretos entre as duas cidades, bem como a única operadora a conectar a América Latina a Melbourne sem escalas. Ao lado de Sydney, Melbourne se tornará a segunda cidade australiana com operações da LATAM. 
“Estamos muito felizes em encerrar o ano anunciando um voo tão significativo como Santiago-Melbourne, que será o mais longo da história da LATAM e o quarto novo destino que abrimos no último ano. Esta segunda rota na Austrália se junta a voos recentemente incorporados à malha da LATAM, como São Paulo-Joanesburgo, Lima-Washington e Santiago-Puerto Natales”, afirma Enrique Cueto, CEO do Grupo LATAM Airlines.
 
"Nos últimos anos, observamos uma demanda crescente por voos que conectam a América Latina a essa região do mundo, tanto por negócios quanto por lazer, e queremos seguir sendo parte do seu crescimento econômico e turístico. Com este voo a Melbourne, a companhia não somente reforça o seu compromisso com a Oceania e a Ásia-Pacífico, como continua oferecendo a melhor conectividade internacional a partir da América Latina, assim como a mais ampla rede de destinos da região”, acrescenta o executivo.
 
"A Austrália recebe com alegria este voo da LATAM Airlines. É um marco importante para o grupo de empresas aéreas, para o estado de Victoria, para a Austrália e para a América Latina. O Chile é a porta de entrada da região, assim como a Austrália é escala para viagens à Ásia a partir do Chile. Estes novos voos diretos fortalecem o vínculo entre a Austrália e a América Latina, abrem os mercados, expandem oportunidades para as pessoas e posiciona Melbourne como um destino chave para os viajantes da América Latina com destino a Austrália e a Ásia-Pacífico. O governo australiano está comprometido em fortalecer a sua ligação com a América Latina, e estes voos terão um papel importante para ampliar as nossas relações”, afirma Timothy Kane, embaixador da Austrália no Chile.
 
Atualmente, a LATAM opera sete voos semanais entre Santiago e Sydney (via Auckland, na Nova Zelândia). Desde 2015, o voo é operado por um Boeing 787-9, que ampliou a capacidade em 27%.
 
No total, a LATAM transporta aproximadamente 190 mil passageiros entre a América Latina e a Oceania. Com este voo, a companhia prevê que irá transportar mais 75 mil passageiros entre os dois continentes anualmente.
 
Programação do voo
A partir de 5 de outubro de 2017, o voo LA805 do Grupo LATAM Airlines sairá de Santiago (SCL) às 12:55 (horário local) às segundas, terças e sábados, e chegará a Melbourne (MEL) às 17:55 (horário local) do dia seguinte, totalizando 15 horas de viagem.  
 
No sentido inverso, o voo LA804 partirá de Melbourne às 19:55 (horário local) às terças, sextas e domingos, e chegará a Santiago às 19:00 do mesmo dia (horário local), totalizando 13 horas e 5 minutos de viagem.*
 
*Itinerário sujeito a mudanças.
 
Sobre Melbourne
Melbourne é a segunda maior cidade da Austrália, com 4,5 milhões de habitantes. É a capital do estado de Victoria, e se localiza na costa sudoeste do país. Com uma cena artística, teatral, arquitetônica, literária, esportiva e gastronômica de renome internacional, é considerada por muitos a "capital cultural" da Austrália, e foi nomeada a "melhor cidade do mundo para se morar" pela The Economist Intelligence Unit por seis anos consecutivos. Também é um centro financeiro de destaque na região da Ásia-Pacífico, abrigando as sedes de diversas empresas australianas.
 
Os parceiros oneworld da LATAM oferecem diversas conexões a partir de Melbourne para destinos em toda a Austrália – incluindo Adelaide, Brisbane e Perth –, bem como destinos na Ásia – de metrópoles como Hong Kong, Singapura e Pequim, a capitais turísticas como Bangkok e Bali.  
 
Santiago, Chile – acesso para a América Latina
Santiago é um dos principais centros de operação (hub) da LATAM e oferece conexões para 124 destinos no Chile e na América Latina, incluindo voos diretos para as principais cidades da região, como São Paulo, Buenos Aires, Lima, Bogotá e Quito. 
 
A LATAM também opera voos para os principais destinos turísticos da região, como Machu Picchu, no Peru (via Cuzco), o Parque Nacional Torres del Paine (via Puerto Natales/Punta Arenas, no Chile), as Ilhas Galápagos, próximas à costa do Equador, Cartagena de Indias, na Colômbia, as Cataratas do Iguaçu (via Puerto Iguazú, na Argentina) e o Rio de Janeiro, no Brasil.  
 
Experiência de voo Santiago-Melbourne
O voo será operado por aeronaves Boeing 787-9 com 220 assentos na Classe Econômica, 54 assentos Espaço + e 30 assentos da classe Premium Business, que reclinam 180°. Todos os assentos de todas as classes contam com sistema de entretenimento de bordo digital, com tecnologia touchscreen e uma ampla variedade de filmes, seriados, músicas e jogos. 
 
Os passageiros da Premium Business poderão desfrutar de serviços adicionais no aeroporto, como acesso ao embarque preferencial, além de um novo cardápio de refeições e vinhos com produtos da América Latina a bordo.


LATAM Airlines Brasil
Relações com a imprensa

Air France recebe seu primeiro Boeing 787



AerCap, líder mundial em locação de aeronaves, comemorou a entrega do primeiro 787 para a Air France. O avião, um 787-9, significa a entrega de da AerCap 50 th Dreamliner e será implantado no da Air France Paris para o Cairo rota a partir de janeiro. O avião também é o 500 º 787 produzidos em linhas de produção da Boeing.
"É com grande orgulho e honra que a Air France está a entrega de seu primeiro Boeing 787, a 9 ª para a Air France-KLM", disse Jean-Marc Janaillac, CEO da Air France-KLM. "Primeira aeronave permitiu-e da Air France, o Dreamliner, assinala uma nova etapa no processo de modernização da nossa frota. Ele vai oferecer aos clientes os melhores produtos e serviços da Air France."
"Estamos muito satisfeitos por fazer parte deste marco significativo tanto para a Air France ea Boeing", disse o CEO da AerCap Aengus Kelly. "AerCap é a maior locadora do mundo da aeronave Boeing 787 Dreamliner, com mais de 80 aeronaves próprias e em ordem. Desejamos aos nossos amigos e parceiros na Boeing e Air France continuou o sucesso."
A France-KLM Air Group encomendou um total de 18 787-9 e sete 787-10s, com um adicional de 12 787-9 arrendados por meio de AerCap. A chegada do primeiro 787-9 no da Air France Paris hoje é parte da renovação contínua da transportadora da sua frota de longo curso.
"Estamos orgulhosos que a Air France vai voar neste avião marco, o que mostra que eles são uma empresa líder no serviço ao cliente e inovação de passageiros", disse o vice-presidente Boeing Ray Conner . "Nós também felicitar AerCap em seu marco 50 th 787 e apreciar a sua confiança contínua na Dreamliner."
O 787-9 aproveita o design visionário do 787-8, oferecendo recursos de passageiros-agradável, como maiores janelas da indústria, grandes compartimentos superiores, com espaço para o saco de todo mundo, iluminação LED moderna, ar que é mais limpo, mais húmido e em maior pressão para maior conforto e tecnologia que detecta e contadores de turbulência para uma condução mais suave.

Delta Air Lines recebe sua primeira aeronave Airbus-produziu US


A primeira entrega de uma aeronave A321 da Airbus Facility US Manufacturing para a Delta Air Lines teve lugar hoje, em Mobile, Alabama. Na mão para a ocasião eram executivos da Airbus e da Delta Air Lines, uma equipe de funcionários da Delta a partir da companhia aérea Minneapolis-St. estação de Paul, e representantes dos mais de 370 funcionários da fábrica. 
Bob Lekites, Vice-Presidente Executivo-Clientes, da Airbus Americas disse, "Airbus está empenhada em oferecer aos nossos clientes os produtos certos para um mercado que precisa de aviões moderna, eficiente e amiga do passageiro. Delta reconheceu o nosso compromisso com nossos clientes, e determinou que fosse o parceiro certo para eles. Delta já opera 137 aeronaves da família A320 e 40 A330 e têm outras 123 aeronaves na família A320 fim-inclusive, A330 e A350. Só neste ano, a Delta colocado seu terceiro fim ceo A321 em três anos. Portanto, este é definitivamente a primeira de muitas entregas Delta vai tomar a partir móvel nos próximos anos. " 
"O primeiro A321 Delta produzida em Mobile serão nossos 12 th globais para Delta. Estamos ansiosos para tomar muitas mais A321 nos próximos anos, de forma segura e confortavelmente obter os nossos clientes a seus destinos ", disse Greg May, Vice-Presidente Sênior da Delta - Supply Chain Management e Fleet. "Nós apreciamos a nossa parceria com a Airbus e à grande obra de fabricação produzido na instalação Mobile." 
Airbus anunciou seu compromisso para construir uma linha de montagem de corredor único em Mobile, Alabama, em 2012, e menos de um ano depois, quebrou a terra na unidade de US $ 600 milhões. A inauguração cerimonial da planta ocorreu em setembro de 2015. A aeronave entregue hoje é o 15 th aeronaves entregues a partir da instalação Mobile. 
Airbus antecipa entrega de quatro aeronaves por mês a partir da planta móvel até o final de 2017. As entregas iniciais serão todas aeronaves da família A320 com a opção de motor atual (CEO), mas vai começar a transição para o novo motor Option (NEO) derivados no final de 2017 . 
Além de centenas de novos postos de trabalho da Airbus o projeto trouxe para a comunidade local, a área móvel tem visto muitos fornecedores da Airbus novas instalações abertas na região, proporcionando ainda mais emprego e um aumento paralelo para a economia local. Airbus tem o orgulho de se gabar de que mais de 85 por cento de seus funcionários são da região da Costa do Golfo, com quase um terço sendo US veteranos militares.

LATAM Airlines Brasil anuncia operação especial para a alta temporada 2016-2017


 A LATAM Airlines Brasil preparou um conjunto de ações operacionais especiais para atender com eficiência os viajantes durante a alta temporada 2016-2017, sobretudo no período de férias escolares e de festas de fim de ano (Natal e Ano Novo).
 
Ao todo, a companhia espera transportar cerca de 5 milhões de passageiros no mercado doméstico brasileiro. Suas principais ações operacionais estarão concentradas no período entre 15 de dezembro e 31 de janeiro, com destaque para:
 
• 6 aeronaves de reserva:
Serão 4 Airbus (sendo 3 A320 e 1 A321) e 2 Boeing (sendo 1 B767 e 1 B777) posicionados em tempo integral em aeroportos estratégicos para a gestão da malha aérea da empresa. Além disso, à disposição em horário parcial e específico, a companhia terá outras 4 aeronaves Boeing, sendo 2 B767 e 2 B777.
 
• Malha aérea ajustada:
A empresa está remanejando a sua malha para reforçar oferta de assentos nos mercados com maior demanda no período. A adaptação foi feita para interligar ainda mais os principais mercados da empresa aos destinos no Nordeste do Brasil e ao exterior (principalmente Miami, Orlando e América do Sul). Ao todo, foram programados mais de 800 voos extras domésticos e quase 200 voos extras internacionais com destino ou origem no Brasil.
 
• Ações preventivas:
Para garantir a regularidade das operações e dos reforços de aeronaves e voos, a LATAM antecipou as manutenções de rotina da sua frota e providenciou maior estoque de peças de reposição e motores adicionais de reserva; remanejou datas de treinamento e de férias para assegurar as equipes de atendimento nos aeroportos e lojas; reforçou times de segurança da operação e incrementou as equipes de solo dedicadas ao manuseio de bagagens e cargas; planejou escala de plantão para tripulantes que estarão de reserva no período e podem ser acionados em casos de contingência operacional; realizou testes preventivos de sistemas e proteções, reforçando as equipes de TI para suporte presencial nos aeroportos.
 
 
Recomendações aos viajantes
 
Adicionalmente, a LATAM recomenda que os passageiros deem preferência pelo check-in antecipado, que pode ser realizado por meio da internet, do celular e dos totens de autoatendimento instalados nos aeroportos.
 
Nos aeroportos de Guarulhos, Galeão, Brasília e Natal, os clientes já têm acesso ao self bag tag, no qual os passageiros também podem imprimir a própria etiqueta de bagagem a ser despachada. Após a impressão, os clientes são direcionados para posições exclusivas de despacho de bagagem, gerando maior agilidade e praticidade no atendimento.
 
Apesar das facilidades, recomenda-se antecedência na apresentação ao embarque e atenção às normas da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para as especificações e limites de bagagens.
 
 
Horário de encerramento do check-in
 
A LATAM Airlines Brasil relembra que começou a adotar em agosto de 2016 um novo procedimento de check-in para voos domésticos nos aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Galeão, Santos Dumont e Brasília. Agora, o check-in de todos os voos domésticos da companhia programados para estes aeroportos é encerrado 40 minutos antes do horário da partida. A medida foi necessária para adequar a operação aos novos fluxos de passageiros em cada um dos aeroportos mencionados e assegurar a pontualidade dos voos.

Acessória de Imprensa 

Sul Africano recebe sua primeira aeronave A330-300


A330-300 da SAA são configurados em um layout confortável cabine de duas classes, com 46 assentos na classe executiva e 203 em assentos da classe econômica. A aeronave irá introduzir novos níveis de conforto a bordo, incluindo conectividade para passageiros da SAA e eficiências operacionais melhoradas para a companhia aérea.
SAA selecionou as últimas 242 toneladas Maximum Take-Off variante Peso do A330-300, que incorpora um novo pacote aerodinâmico que permitem a aeronave para cobrir distâncias de até 6.350 milhas náuticas (11,750km) em vôos de até 15 horas de duração . Esta capacidade de carga útil / intervalo permite que a aeronave a ser implantado em longo curso da SAA, intra-África e rotas domésticas de pico.
Os A330-300 compartilhar a mesma configuração de cabine, a filosofia operacional e procedimentos com frota existente da SAA de aviões de fuselagem larga da Airbus. Este alto grau de comunalidade em toda a frota é fundamental para alcançar baixos custos de operação, manutenção e treinamento.
A Família A330, que se estende por 250 a 300 assentos, atraiu mais de 1.630 encomendas, com mais de 1.300 aeronaves entregues a mais de 100 operadores em todo o mundo, incluindo a SAA. O A330 é um dos aviões mais eficientes do mundo, com economia operacional best-in-class e média confiabilidade de despacho no prazo acima de 99 por cento.

domingo, 4 de dezembro de 2016

Menino de seis anos é ‘extraviado’ em voo da gol e viaja sozinho a Curitiba

Um menino de apenas seis anos foi levado sozinho para Curitiba após um erro da companhia aérea Gol. Na sexta-feira (2), o pai da criança, Wanderson Romão, publicou o relato no Facebook.
Romão, que mora em Vitória, no Espírito Santo, comprou uma passagem para o filho para que pudessem passar o seu aniversário de 32 anos juntos. O menino mora na capital Rio de Janeiro com a mãe e havia voltado em outubro de uma viagem internacional. Pai e filho não se viam há cerca de um ano.
A passagem do Rio à Vitória custou R$ 750, com taxa de R$ 100 pelo serviço de acompanhamento para a criança. O menino embarcou com todos os documentos necessários, inclusive informações de contato e uma autorização judicial para viajar sozinho apenas para os estados do Espírito Santo, São Paulo e Rio de Janeiro, onde a criança tem parentes. O voo saiu às 17h e chegou às 18h20. Porém, no desembarque em Vitória, o pequeno não apareceu.
“Foram as piores horas da minha vida, pois percebi que meu filho havia desaparecido”, relatou o pai. Romão procurou os funcionários da empresa, mas não teve informações sobre o paradeiro do menino. Romão entrou em contato com a mãe, que foi procurar a criança no Aeroporto do Galeão, onde tinha embarcado, na esperança de que ele não tivesse ido. Ela também não o encontrou.
O pai ainda relata que, ao informar a companhia que seu filho estava desaparecido, foi questionado se havia comprado a passagem por Smiles, para que fosse direcionado ao atendimento 0800, neste caso.
Sem informações, Romão procurou pela Polícia Federal (PF). Foi só então que a criança foi localizada. “A supervisora da Gol foi acionada. Depois de uma hora, tive a informação de que meu filho havia chegado, mas em Curitiba, capital do Paraná! Ele fez o voo sem nenhuma pessoa ao lado da cadeira. Não havia autorização judicial para ele ir ao Paraná, apenas Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo. O que era para ser um voo de 45 minutos se transformou em um voo de uma hora e meia e em um filme de terror! A criança estava com medo, havia chorado durante o voo de ida”, conta o pai.
A companhia deu a opção de levar o menino a Vitória, com escala no Rio de Janeiro. Porém, Romão pediu que deixassem o menino no Rio, com medo do que pudesse acontecer. “Decidi pela vida do meu filho, que ele ficasse no Rio de Janeiro, sem conexão. Aliás, se em um voo direto haviam perdido ele, imagina em uma conexão. Ele deveria estar com medo, assustado”, conta.
A criança chegou ao Rio às 21h, após uma viagem de quatro horas ao todo e relatou a confusão:  “pai, eles falaram coisas feias, palavrões, na minha frente”, conta Romão.
O pai abriu mão de passar seu aniversário com o filho e garante que entrará na Justiça contra a Gol. “Nunca vi um ser humano, tão inocente, puro, ser tratado com tanto desprezo, despreparo, irracionalidade, como uma espécie de uma mala, que simplesmente foi extraviada”, escreveu Romão.

Resposta

A Gol, por meio de nota, pediu desculpas aos familiares e ao menino e esclareceu que houve “falha no procedimento de embarque da criança, ocasionando a troca do voo”.
Segundo a empresa, a criança esteve assistida “a todo momento” por um colaborador e que a empresa manteve contato com a família para prestar assistência à família. A Gol também afirma que vai adotar medidas para que casos semelhantes não voltem a acontecer.
paranaportal
Link do Facebook do pai do menino:
https://www.facebook.com/wanderson.romao/posts/1338426472907138



sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Azul terá 350 voos extras para a Bahia e rota inédita

Nova aeronave foi "batizada" após pousar no aeroporto Luís Eduardo Magalhães (Foto: Evandro Veiga/CORREIO)

De olho no verão, a companhia Azul Linhas Aéreas anunciou que reforçará em 350 voos a sua frota entre os meses de dezembro e fevereiro. O acréscimo para a alta temporada foi anunciado na manhã de hoje, durante o voo inaugural do Airbus A320neo, recém adquirido pela empresa, repetindo o primeiro trecho voado pela Azul nove anos atrás, de Campinas (SP) para Salvador.  A nova aeronave, que possui 58 lugares a mais do que o Embraer 195 que opera atualmente na rota, foi recebida sob jatos d’água do Corpo de Bombeiros, em uma espécie de batismo, tradição para celebrar importantes momentos na aviação.
“Temos feito um trabalho muito forte no estado e vamos colocar mais de 350 voos extras nessa alta estação, o que agrega valor aos passageiros que terão mais opções de horários e mais assentos disponíveis”, declarou o assessor da presidência da Azul, Ronaldo Veras. Segundo ele, será oferecido mais um horário diário para o trecho Viracopos / Salvador. Outra novidade para a alta estação é o lançamento da linha inédita Bauru (SP)/Porto Seguro. “Temos uma capilaridade interessante no estado, com uma média de 60 decolagens por dia, atendendo 10 municípios no estado”, ressaltou.
Segundo a estimativa da Secretaria Estadual de Turismo (SETUR), a Bahia deve receber deve receber cinco milhões de turistas durante a alta estação, mas esse número pode ser ainda maior. “Temos trabalhado na prospecção de novos voos e todas as companhias aéreas já previram o aumento nessa oferta”, pontuou o secretário da SETUR, José Alves. 
Ele disse ainda que o estado da Bahia, por meio da Secretaria da Fazenda, está formatando um decreto para reduzir para 12% o valor do ICMS cobrado em cima do combustível em troca da oferta maior de embarques e desembarques no estado. “A alíquota atual é 18% e sem esse decreto, o valor seria reajustado para 25% no início do ano. Já comunicamos as empresas aéreas que o ICMS vai ser 12%. Para que o acordo seja formalizado, as companhias precisam informar em quanto será o acréscimo de voos para o estado. Queremos com essa medida estimular tanto novos voos regionais quando trechos internacionais”, destacou. 
De acordo com o secretário, a Gol já prevê uma nova rota para a alta temporada de Salvador para Montevidéu (Uruguai). Já a LATAM anunciou o voo para o Chile e a Avianca para Bogotá, todos saindo da capital baiana. Ele disse ainda que a SETUR está buscando uma companhia que opere uma rota para a América do Noste e há negociações com a AirEuropa com o objetivo de conseguir mais um voo para o continente europeu.
Aviação regional – Também presente na cerimônia de batismo, o diretor de terminais da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), Denisson de Oliveira destacou as intervenções que estão sendo feitas nos aeroportos e aeródromos do interior do estado e estimulam a aviação regional. “Apenas nos últimos dois anos, já foi investido mais de R$ 200 milhões, incluindo a construção do novo aeroporto de Vitória da Conquista, que deve começar a operar em meados de 2018. Essas intervenções incentivam a economia e turismo das regiões, melhoram o transporte de materiais de saúde e agregam interesses ao agronegócio”.

correio24horas

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

A empresa aerea Azul pretende abriri uma subsidiária uruguaia


Após uma reunião entre o presidente do Uruguai , Tabaré Vázquez , com um grande grupo de empresários brasileiros em São Paulo , ele teria uma reunião com o presidente e vice-presidente Jetstar.
De acordo com a imprensa do Uruguai em que os executivos de reuniões Azul seria as autoridades uruguaias manifestaram a intenção de abrir uma filial em Montevidéu .
De acordo com fontes não oficiais no Uruguai esperar nos próximos dias vem uma delegação da Azul para iniciar medidas para começar a voar, em princípio, com seis a oito aeronaves ao seu potencial uruguaia controlada.
O interesse de chegar a do país River Plate é tanto a companhia aérea e as autoridades uruguaias. A chegada da Azul para o Uruguai dar um respiro à situação de emprego de muitos trabalhadores da aviação esquerda na rua após a falha Alas Uruguai , como a empresa brasileira poderia levar entre 100 e 120 pessoas na sua primeira fase 
Se a companhia atinge uma entrada favorável, rentável e incluindo ex-Asas, Azul poderia tentar para replicar o modelo da Pluna em seus últimos anos, mesmo com todos os seus defeitos, ele se aproveitou da posição de Montevidéu e aeroporto de Carrasco para desenvolvimento de um importante pólo do Cone Sul .
fonte:reportur

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

TAP Portugal continua renovação em seus aviões



TAP Portugal, que completou 70 anos em setembro, está no modo de renovação. Em 2015 foi privatizada, e um consórcio dirigido por David Neeleman, fundador da JetBlue em os EUA e Azul no Brasil, adquiriu 61 por cento (agora com 45 por cento) das ações do Estado Português. Junto com o capital novo, peritos externos foi trazido para tomar TAP para o próximo nível.
No que diz respeito rede está em causa, o plano era para adicionar voos de longo curso e destinos para o Brasil - onde atualmente tem 67 voos por semana -, bem como os EUA, onde novas operações de Boston e Nova York-JFK já começaram.
No curto prazo, entretanto, o plano é toda sobre a renovação da frota, tanto pela renovação das cabines e também as novas encomendas de aeronaves. Na base da TAP de Lisboa o primeiro de seus 21 A319 tem novas cabines (quatro já estão em serviço). Visitando esta semana e pisar a partir do hangar escuro dentro da cabine iluminada de aeronaves registadas CS-TTM é uma mudança refrescante, embora esta aeronave já tem 17 anos (a idade média de 17,4 anos).
"Esta é a maior reformulação da história de produtos da TAP", diz o gerente de interiores de cabine produto Joel Fragata, embora admitindo que "Isto é principalmente sobre ganhos de eficiência, para ser capaz de competir no mercado de hoje." Class economia da TAP tem que combinar as tarifas de Portadores da Low Cost (LCCs), que são fortes em Portugal. Como relatado anteriormente, a TAP introduziu novas classes de tarifas.
TAP Portugal lança nova estrutura tarifas
Estes incluem uma tarifa "Discount", incluindo um saco de cabine. Ao mesmo tempo, a TAP tem para oferecer viajantes a negócios, especialmente aqueles ligar para longo curso em Lisboa, um produto adequado. O espectro de tarifa atual é ilustrado em um voo escolhido aleatoriamente a partir de Heathrow para Lisboa, onde os preços rendimentos de verificação de ingressos on-line varia de £ 52 a £ 238 one-way. É por isso que a TAP passou visa diferenciar suas ofertas de mais, por exemplo, apertando arremessos assento na parte traseira, com assentos slim-line por fabricante alemã Recaro.
"Estamos alcançar vários objetivos ao mesmo tempo com a renovação - aumentando a contagem de assento, diminuindo o peso total da aeronave por 700 kg e, portanto, menor consumo de combustível, e ainda oferecendo mais conforto para muitos clientes", diz Joel Fragata.
O resultado é que a capacidade do A319 sobe de 132 a 144 assentos, os A320 de 162 para 174 eo A321 de 200 a 216. Isso não é tudo devido à mais finas encostos dos bancos, mas também um resultado da remoção de Galley 2 na parte da frente , ao lado da porta 1R.
A frota de A320-família inteira será convertida em julho de 2017. Na TAP total de ordenou 6.600 assentos do modelo BL3530 para negócios e SL3510 para classe econômica, o que representa um investimento de € 70 milhões.
Os primeiros dez linhas do A319 são equipados com assentos de classe executiva, facilmente reconhecível por suas bordas de couro vermelho, onde o assento do meio permanece livre e recebe uma tabela aplicada. Aqui o campo é um generoso 33 polegadas (83.8cm), a cada três assentos têm uma tomada de energia elétrica (110V), bem como uma porta USB, algo que ainda raramente encontrado no curto e médio prazo.
TAP pretende oferecer um produto "Economy Plus" em algumas das linhas "vermelhos", que deve vir em todo o sistema on-line em 2017.
A melhor opção para os viajantes em economia é definitivamente a primeira linha "verde", na A319 é ​​fileira 11. Possui um generoso campo de 33 polegadas, para compensar a recline quatro polegadas dos assentos na última linha "vermelha" .
Movendo-se mais para trás, ele fica muito apertado em termos de distância entre assentos. Classe económica início nas filas de bancos popa das saídas sobre as asas de emergência (facilmente visíveis pelo assento cobre enquadrado em couro verde) tem uma distância entre assentos de apenas 28 polegadas (71,1 centímetros) terreno de jogo, tornando-o ainda mais desconfortável do que na Lufthansa linhas traseiras de seus A320neos.Além disso, a TAP não permite qualquer recline em tudo, enquanto encostos dos bancos da Lufthansa mover-se ligeiramente. Em companhia aérea falar isso é eufemisticamente chamado de modo "pré-reclinada", o que evidentemente é um absurdo neste campo mínima.
Fragata tenta vendê-lo positivamente ( "Isto significa que não intrusão em seu espaço de vida pessoal"), mas para os quadros maiores não há quase nenhum espaço para respirar. Se você é alto (acima de 1,75 metros), você vai ser desconfortável. E TAP opera sua família A320 em rotas muito longas, por exemplo a partir de Lisboa para Acra (cinco horas e meia) ou para Helsínquia (quatro horas quarenta minutos).
Ainda assim, as cabines linda, com um ambiente atraente e um recém-projetado, mais leve tapete em padrões de verde e preto, com tudo o que tem uma nota Português específico. O projeto total foi concebida pela empresa local Almadesign, as tampas de assento são fabricados por Kharman Ghia de Portugal, utilizando couro de fornecedor Português Couro Azul.
"Este couro recebe um tratamento especial, por isso, todos os metais pesados ​​são removidos, é cromo livre, nós somos uma das primeiras companhias aéreas a voar", explica Fragata.
A situação dos produtos de cabine em rotas longas da TAP é mais complexa. Ambos dos seus mais novos A330-200, registradas CS-TOS e CS-TOT, já tem sete linhas na frente da economia ostentando um arremesso de 34 polegadas - que em breve será vendido como "Economy Plus". Atualmente operam apenas as rotas JFK e Boston.
A partir de janeiro, sete em cada 16 TAP A330-200 será remodelado. No momento, em classe executiva, a TAP ainda voa assentos planos inclinados, que já não são aceitáveis ​​para muitos passageiros. Na classe executiva, eles estão recebendo assentos totalmente planas, pela primeira vez, um modelo mais novo do assento Thompson Vantage, esta reformulação será concluída em outubro de 2017, mas apenas em 2019, será a companhia aérea ser tudo totalmente plana na sua ofertas.
Um relançamento real das longas cabines curso da TAP, no entanto, é de se esperar quando a aeronave recém-ordenados chegar. TAP é cliente de lançamento do A330-900neo, o primeiro dos 14 vai chegar ao final de 2017 / início de 2018, bem como seis novos A330-300. Um ano mais tarde, o primeiro lote de um total de 39 A320neos / A321neos se seguirão. Entre estes serão alguns dos A321LRs de longa distância, que a TAP pretende operar em rotas mais curtas Brasil. "Eles também terão assentos full-planas em classe executiva", promete Joel Fragata. De qualquer maneira - não vai ser chato na TAP nos próximos anos.
BusinessTraveller
Andreas Spaeth

TAP EXPRESS FEZ HOJE ÚLTIMO VOO COM UM AVIÃO FOKKER


O último avião de modelo Fokker em operação pela Portugália/TAP Express aterrou hoje às 13h30 em Lisboa, vindo do Porto, encerrando um ciclo de 26 de operação que também inaugurou com um voo Porto-Lisboa.
A frota regional da TAP, que foi renovada ao longo deste ano e passou a ser constituída por aeronaves Embraer 190 e ATR 72, passa a voar na totalidade com as cores da TAP Express.
O “Albatroz”, como foi baptizado o primeiro avião da Portugália, fez o seu primeiro voo em 7 de Julho de 1990.

No seu último voo marcaram presença Peter Somers, presidente da Fokker, e Luiz Lapa, director geral da Portugália/TAP Express, entre outros convidados ligados à história deste avião e da empresa.
Dos quatro tripulantes de cabina que realizaram o primeiro voo deste avião, três tiveram oportunidade de se despedir e de desempenhar as suas funções, pela última vez, a bordo desta aeronave, indica a TAP em comunicado.
Pressutur

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Greve na Lufthansa vai cancelar mais de 1.700 voos


Desde a semana passada que a companhia aérea alemã tem enfrentado uma paralisação dos pilotos. Começou na quarta-feira, teve apenas dois dias de pausa, e será retomada esta terça-feira. Em Portugal haverá seis voos cancelados
A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou o cancelamento de mais 1.700 voos nos próximos dois dias. Tudo por causa da greve dos pilotos, que começou na quarta-feira passada e foi sendo prolongada.
No total, serão afetados pelo cancelamento 180.000 passageiros, indicou a Lufthansa em comunicado. A paralisação vai continuar esta terça e quarta-feiras. 
A partir de Portugal, dos 10 voos programados, vão ser cancelados seis: dois voos Lisboa-Frankfurt, dois voos Lisboa–Munique e dois voos Porto-Frankfurt.
Na quarta-feira, dos 13 voos programados a partir de Portugal também vão ser cancelados seisum voo Lisboa-Frankfurt, dois voos Lisboa–Munique, dois voos Porto-Frankfurt e um voo Porto-Munique.